As 4 Melhores Dietas que Funcionam para Emagrecer com Saúde

 

Neste artigo vamos falar de 4 Dietas que funcionam para emagrecer com saúde. Dietas inclusive recomendadas por profissionais e famosos, como o Dr. Rey por exemplo e que buscam um estilo de vida mais saudável.

A primeira é uma das que mais gosto e a última é que mais dá resultados o curto prazo.

Lembrando sempre que devemos procurar um especialista para garantir que estamos consumindo os macronutrientes essenciais para nosso organismo e que Dieta boa mesmo é aquela que funciona para você.

1- Dieta Paleo (Recomendada pelo Dr. Rey)

A dieta Paleo ou dieta Paleolítica é umas das princiais dietas que funcionam de verdade e a forma mais saudável de se alimentar.

Por estar alinhada a uma abordagem nutricional, funciona em conjunto com a nossa genética para nos ajudar a nos manter magros, fortes e cheios de energia!

Estudos relatam que a nossa dieta moderna, rica em alimentos refinadas, gorduras trans e açúcar, é a origem de doenças degenerativas como a obesidade, o câncer, a diabetes, as doenças do coração e a depressão.

Na Paleo consumimos alimentos específicos onde conseguimos o emagrecimento natural, de maneira saudável e sem esforços intensos. De maneira geral podemos dizer que a dieta paleolítica não é uma dieta e sim um estilo de vida.

Benefícios

Por estar associada a nossa genética, tem inúmeros benefícios sendo os mais relevantes a melhora do colesterol no sangue, perda de peso e a diminuição de dor em doenças autoimunes.

Por que essa dieta emagrece?

Principalmente pela redução no consumo de carboidratos refinados. Os carboidratos como pães, massas e arroz são digeridos no estômago

 de forma rápida aumentando os níveis de glicose na corrente sanguínea e a glicose em excesso pode ser metabolizada e transformada em gordura.

Além disso, a dieta paleolítica estabelece a eliminação do consumo de alimentos industrializados em geral, uma vez que o consumo destes alimentos atualmente pode estar associado ao ganho de peso, aparecimento de inflamações, distúrbios endócrinos e metabólicos.

Para uma melhor visão do que pode e o que não pode na Dieta Paleo, confira lista de alimentos abaixo:

Alimentos liberados

  • Vegetais: todos. Preferencialmente os da época;
  • Tubérculos: batata-doce, mandioca, inhame, batata;
  • Fruta: todos. Preferencialmente frutas da época;
  • Proteína: Carne de pasto, peixe, marisco, ovos de galinhas criadas ao ar livre;
  • Oleaginosas: amêndoas, cajus, castanhas, nozes, entre outros.
  • Sementes: abóbora, girassol, linhaça, chia;
  • Gordura: azeite, óleo de coco.

O que Evitar 

  • Cereais: trigo, arroz, centeio, aveia, etc.;
  • Leguminosas: Feijão, grão, lentilhas, entre outros.
  • Lacticínios: leite, iogurte, queijo, natas;
  • Gorduras: óleo e margarinas vegetais;
  • Produtos processados.

 

2- Dieta Cetogênica

A dieta Cetogênica é uma baseada em uma alimentação que tem a ingestão mínima de carboidratos e é rica em gordura, fazendo com que seu corpo entre em estado de cetose.

Ela foi criada há muito tempo para o tratamento de epilepsia, mas com a criação de novos anticonvulsionantes não foi mais utilizada.

Hoje essa dieta é aplicada para a perda de peso e também em tratamentos de algumas doenças, como o câncer.

A dieta cetogênica propõe a diminuição brusca de carboidratos consumidos, o aumento considerável no consumo de gorduras e elevar um pouco a consumo de proteínas.

A fonte principal de energia do nosso corpo é a glicose, mas quando ela está em falta em nosso organismo, este começa a queimar a gordura como combustível, surgindo assim a cetose.

A cetose nada mais é do que um estado fisiológico do organismo, é um estágio do catabolismo, que ocorre quando o fígado transforma a gordura em ácidos graxos e corpos cetônicos, ou seja, utiliza os depósitos de gordura como fonte de energia.

Além de queimar as gorduras indesejadas, a cetose reduz a sensação de fome e você se sente satisfeito por muito mais tempo.

 

Benefícios

Como a gordura é usada como energia emagrecer rápido é um dos benefícios. Também ajuda a desinchar para quem sofre com retenção de líquidos, além de ser uma dieta extremamente rica em ácidos graxos.

Os principais alimentos da dieta cetogênica são as fontes de gorduras e proteínas. como:

-Peito de frango, carnes vermelhas, peixes, ovos, carne suína, peito de peru e presunto, requeijão, oleaginosas, azeite de oliva, manteiga, alface, verduras verdes escuras, como brócolis e espinafre, e queijos.

Já os alimentos que devem ser deixados de lado são os carboidratos, principalmente os de fácil absorção, como pães brancos, arroz branco, açúcar e massas.

É importante lembrar que a dieta cetogênica deve ser acompanhada por um profissional nutricionista, para prevenir problemas como queda da glicemia e aumento colesterol.

 

3- Dieta Low Carb

A dieta low carb é baseada em carboidratos com baixo valor glicêmico, sendo um método até bastante positivo.

Os carboidratos são as fontes de glicose no organismo.

Caso a glicose fique muito elevada no organismo, ela será reservada em forma de gordura, sendo eliminada antes de se acumular em forma de banha caso seja consumida pelo organismo antes da seguinte refeição.

O principal objetivo da Dieta Low Carb é obrigar o corpo a utilizar gordura como sua principal fonte de energia na forma de corpos cetônicos que irão substituir a glicose adquirida através dos carboidratos.

Benefícios

Os benefícios da dieta low carb está no controle da diabetes, já que ao evitar alimentos com altos índices glicêmicos, você impede o aumento da insulina produzida no organismo.

Uma alimentação low carb também possibilita equilíbrio dos índices de colesterol, triglicerídeos, glicose e insulina no sangue.

Com a perda de peso, diversos outros benefícios podem ser percebidos como melhora da disposição e redução dos processos inflamatórios causados pelo excesso de gordura corporal.

Na Dieta Low Carb são permitidas gorduras boas, proteínas e alimentos com baixa quantidade de carboidrato, como: carnes, ovos, oleaginosas e frutas com baixo teor de carboidratos.

Não são permitidos os: açúcares, mel, farinhas, massas, leite, arroz, feijão, beterraba, batatas, pão, bolos, chocolate e bebidas alcoólicas.

 

4- Alimentação Forte 

Também pode ser considerada uma das dietas que funcionam, apesar de ser mais um estilo de vida.

O termo Alimentação Forte (AF) é um estilo de vida alimentar flexível que une os principais conceitos das Dietas Paleo e Low Carb.

Com base em alimentos de verdade e nutritivos, tem como objetivo reprogramar o corpo para a boa forma natural, regularizando o metabolismo e o sistema hormonal.

Esse estilo de alimentação também busca dar liberdade focando primordialmente na qualidade dos alimentos e colocando quantidade em segundo plano, o que maravilhoso.

Ao contrário da maioria das dietas, o estilo de vida da “alimentação forte” não possui uma lista alimentos “restritos” ou “permitidos”, mas tem como foco a qualidade dos alimentos e não a quantidade.

Como alimentos de verdade temos: as carnes de todos os tipos, peixes, frutos do mar, folhas, legumes, sementes, castanhas, nozes, tubérculos, gorduras naturais como óleo de coco, azeite de oliva, manteiga, laticínios integrais, entre outros.

E o que não é de “verdade” são chamadas de substâncias comestíveis que devem ser retiradas ou limitadas em nossa dieta.

-São elas: os farináceos em geral como todos derivados do trigo, integral ou não, massas, pães, açúcar, bebidas adoçadas, refrigerantes, doces no geral, óleos vegetais (canola, girassol, soja e similares), adoçantes artificiais, produtos diet, zero e light.

A Alimentação Forte é a baseada no programa de emagrecimento do Rodrigo Polesso Emagrecer de Vez, criado para pessoas que buscam emagrecer de forma saudável e definitiva, sem dietas restritivas e sem passar fome.

CLIQUE AQUI para saber tudo sobre o livro Emagrecer de Vez e como ele funciona.